4 segredos para visitar mais clientes

Uma maneira lógica de expandir as vendas é aumentar o número de salões que você visita. Mas apresentar seus produtos para novos clientes pode ser um desafio mais difícil do que parece. A visitação descoordenada a novos clientes e a abertura de novos locais, quando não feitos corretamente, podem impactar negativamente nos seus resultados.
O importante é se organizar para que essas visitas te levem a um número maior de clientes em potencial e que te traga resultados mais efetivos, aumentando suas chances de venda. Veja algumas dicas simples para ajudar a melhorar seus números.

– Planeje as visitas

É preciso se preparar bem antes de realizar as visitas a possíveis novos clientes. Este planejamento deve considerar diferentes aspectos, como por exemplo, os clientes e salões serão visitados, quais os melhores cosméticos a serem apresentados e qual o melhor dia e horário para realizar cada visita. Faça esse planejamento tendo sempre em mente que o objetivo é otimizar o seu tempo. Ou seja, você tem que reduzir o risco de imprevistos, aumentar suas chances de venda e economizar tempo.

– Conheça seus clientes

Antes de cada visita, é importante se preparar para saber como conversar com cada cliente e qual o modo certo de lhe apresentar um produto. Isso ajuda a estabelecer uma maior confiança entre você e o seu cliente.
Para isso, é fundamental que haja um estudo prévio sobre estes clientes. Alguns salões de beleza, por exemplo, possuem sites ou páginas nas redes sociais. Navegando na internet é possível observar o estilo do salão, o modo de trabalho e o público do local.

– Mantenha um histórico de relacionamento

Um dos fatores que mais contribui para que um cliente tenha confiança em seu fornecedor é a sensação de que o vendedor o conhece. Obviamente, são muitos clientes e salões visitados semanalmente. Por isso, você não deve confiar apenas na memória, pois pode se esquecer de detalhes importantes já discutidos anteriormente.
Por isso é importante manter um histórico de cada cliente que deve ser consultado antes de cada visita. É importante que esse histórico também seja atualizado frequentemente. Isso ajuda a manter a sensação de proximidade e evita quaisquer erros que possam ser cometidos durante a apresentação de novos produtos futuramente.

– Estabeleça prioridades e aproveite seu tempo

A cada novo cliente que entra na lista de visitas aumenta sua responsabilidade em manter-se em dia com todos os clientes. Em contrapartida, o tempo torna-se algo ainda mais precioso. Portanto, vai chegar uma hora em que você vai precisar estabelecer prioridades. Faça listas de quais clientes devem ser visitados primeiro, evitando que se deixe algum destes clientes sem o devido atendimento.
Outra dica essencial é traçar, para a semana toda, sua rota de visita diária separada por região. Parece óbvio, não é? Mas muitos distribuidores saem sem rumo e acabam visitando clientes aleatórios. Além do mais, quando um cliente liga e faz uma encomenda, o distribuidor acaba quebrando a rota para poder atender a demanda específica daquele cliente.
Esse tipo de imprevisto é inevitável e acontecerá com muita frequência. Mas se você tiver as rotas da semana pré-determinadas, você terá a facilidade de simplesmente trocá-las. Ou seja, se na segunda você visitaria a área A, mas precisa entregar um produto para uma cliente da área B, você deve mudar a visita da área B para a segunda-feira.
Sei que na teoria é mais fácil que na prática, mas a organização é um hábito e se você persistir vai conseguir condicionar até os seus clientes. Não concorda comigo? Então responda: você conhece algum concorrente que visita os clientes sempre no mesmo dia da semana? Já reparou como os cabeleireiros se programam direitinho para comprar desse fornecedor?
Aposto que você conhece casos assim e que você já se perguntou: porque meus clientes não são assim comigo também? Pois a resposta é condicionamento. Portanto, vale a pena estipular os dias da semana para visitar cada cliente.

 

Como gerenciar um time de vendas

Hoje em dia, em qualquer segmento de negócio, o sucesso em vendas nunca é fruto do acaso. Na verdade, o êxito surge a partir do instante que uma equipe de vendas é devidamente treinada e incentivada a buscar os resultados esperados.
No segmento da venda de cosméticos a situação não é diferente. Sendo assim, o bom atendimento, a abordagem adequada e a comunicação espontânea, entre outros requisitos, constituem elementos que são de suma importância para que um empreendedor possa elevar as suas vendas a um patamar satisfatório. O treinamento da equipe, nesse contexto, é um fator essencial para o sucesso.
Atualmente, a tecnologia digital trouxe inúmeras possibilidades. Hoje em dia é possível treinar, capacitar e incentivar a sua equipe por métodos à distância. Isso significa que, mesmo que seus vendedores atuem em regiões distantes, é possível fazer reuniões via Skype, por exemplo.

Dicas para treinar a sua equipe de vendas

O segmento em vendas de cosméticos representa um negócio com uma alternativa de lucros muito interessante. Mas, mesmo que você inicie nesse ramo sozinho, faz parte planejar a expansão dos seus negócios. A melhor forma de fazer seu empreendimento crescer é ampliar a atuação da sua distribuidora, colocando vendedores (ou micro distribuidores) em lugares que você não consegue atender sozinho.
No entanto, para aqueles empreendedores que almejam montar uma equipe de vendas, vale a pena seguir algumas dicas sobre treinamento e direcionamento de equipe.
O primeiro ponto essencial é conhecer bem os produtos e deixar a equipe afiada nesse assunto. Dominar as informações dos produtos é importante para transmitir ao cliente uma maior credibilidade e confiança.
Outra dica que é bastante relevante é ter um planejamento. O bom empreendedor evita agir de maneira aleatória por meio de improvisações. O empresário deve elaborar o plano de vendas em conjunto com a sua equipe. Ou seja, aproximar o time e fazer todos participarem do que vai ser elaborado é uma maneira inteligente de incentivo, pois também torna a equipe protagonista do processo.
Outra técnica importante é elaborar um plano com metas palpáveis e atingíveis. É um grande erro estabelecer objetivos inalcançáveis que podem não gerar resultados. Isso traz desconforto e, de certa forma, também desestimula a equipe.

 

Treinamento à distância

Diante das facilidades que a atual tecnologia possibilita, uma das maneiras mais práticas de treinar uma equipe é à distância.
Essa é uma ótima forma de incentivar a interatividade da equipe. Por isso, a utilização de redes sociais, e-mails e outros canais virtuais é bastante útil para passar instruções, manter o fluxo de comunicação e integrar o time.
Outra boa ideia é incentivar a equipe a identificar quais sãos as principais características dos clientes. A partir do momento que você compreende as características do público consumidor, o processo de vendas adquire mais consistência.
Aproveite bem os benefícios das inovações digitais e mantenha vários canais de comunicação abertos. A comunicação é a ponte que liga você ao seu time de vendas.
Para manterem-se sempre em contato use o e-mail, as redes sociais e o whatsapp. O webinar e o Skype são ótimas ferramenta para treinamentos — nesse caso, ter uma webcam é muito importante.
Mas é claro, toda a equipe deve estar alinhada e prepara para fazer uso dessas ferramentas. Portanto, treine o uso desses recursos também.
Portanto, diante dessas dicas, você terá subsídios para alavancar as suas vendas, sempre contando com uma equipe apta a abraçar o seu empreendimento!

Você realmente conhece o que vende?

Conhecer muito bem os produtos que vende é essencial, pois ajuda o vendedor a ter mais confiança no momento de mostrá-los para os clientes. Um vendedor bem informado sobre os produtos, automaticamente terá vendas e resultados melhores. Essa é uma regra que vale para todos os tipos de vendedores, e com os vendedores de cosméticos não é diferente. Então responda: você realmente conhece o produto que vende?
Lembre-se que conhecer os produtos e cosméticos que você vende não é saber aplicá-los. Isso é responsabilidade dos próprios cabeleireiros. O que você, vendedor, precisa conhecer, são informações como: para que serve aquele produto, quais os diferenciais comparado a outras marcas, para que tipo de cabelo serve e quais benefícios ele traz, como é a maneira correta de usar, entre outras características. Lembrando, quanto mais você souber sobre os seus produtos, mais fácil será conseguir convencer o proprietário do salão a comprá-los.
Agora que você sabe como é importante conhecer os seus produtos, confira mais algumas dicas e informações sobre esse assunto:

• Conheça as principais características do seu produto para vender mais
Quais são os principais ativos do seu cosmético? Para que tipo de cabelo ele é indicado? Existe algum tipo de cabelo que o uso é desaconselhado? Por que o seu produto oferece a melhor relação de custo benefício do mercado? Essas são questões básicas, mas se você puder aprofundar mais, os resultados serão ainda melhores. Estar atento às novidades do mercado de cosméticos também é importante. Trocar essas informações com seus clientes pode lhe render muitos pontos positivos.

• Utilize o rótulo dos seus produtos a seu favor
Muitas das informações que você precisa saber sobre as suas mercadorias estão nos próprios rótulos. Portanto, leia tudo o que está escrito na embalagem e anote os pontos fortes do seu produto. Essa é uma forma simples e prática de conhecer melhor o que você vende. As melhores empresas costumam enviar os produtos acompanhados de folders com passo a passo. Mas mesmo com esses dados, se ainda tiver alguma dúvida, não hesite em ligar para o fabricante e obter mais informações.

• Agregue valor ao seu produto
Hoje, mais do que nunca, vender é um desafio, já que em todos os ramos há muitos concorrentes e produtos de todos os tipos. Dessa forma, é imprescindível que você domine tudo o que se refere à importância dos seus produtos, pois essa será a melhor forma de convencer o proprietário do salão de beleza a comprar com você e não com outro vendedor. Quando você conhece as suas mercadorias, você sabe dizer quais são as melhores opções para o cliente.

• Conheça, também, os seus clientes!
Por fim, a última dica valiosa é que, além de conhecer muito bem os seus produtos, você deve conhecer as característica do seu público alvo. Assim, você não perde tempo oferecendo mercadorias que determinado cliente não pretende comprar e foca nos produtos que irá agradá-lo.
Continue acompanhando nossos conteúdos para manter-se informado sobre o mercado. Boas vendas!

5 dicas para administrar a renda sem complicação

Cada vez mais os brasileiros almejam atuar como profissionais autônomos. Entre as principais justificavas para se preferir esse formato de trabalho estão a flexibilidade de horário e a possibilidade de se tornar o seu próprio chefe. Ainda assim, com frequência surgem dúvidas sobre gestão financeira e demais aspectos burocráticos que impedem muitas pessoas de irem atrás de seus objetivos. E é por isso que reunimos a seguir 5 dicas para ajudá-lo como trabalhador autônomo!

Um setor que está em franco crescimento no país é o de vendas de produtos de beleza, então iremos destacar essa atividade. No entanto, as recomendações são válidas para todas as áreas.

Ficou interessado? Confira nossas cinco sugestões imperdíveis para administrar sua renda:

1. Tenha um dinheiro reservado para emergência

Como a renda de um autônomo não é fixa, um mês muito lucrativo pode ser seguido por um período de rendimentos mais baixos. Essa instabilidade assusta quem está iniciando no negócio de vendas pra salão e, por vezes, leva à inadimplência. A melhor saída para que você consiga sempre cumprir com as suas obrigações é fazer um fundo. Desse modo, você fica seguro em momentos de poucas negociações e não deixa de cumprir com os pagamentos.
Como regra geral, os economistas sugerem guardar uma quantia suficiente para que o indivíduo se sustente por 6 meses. Portanto, se parte desse valor for retirado, é preciso repô-lo assim que possível.

2. Não misture as contas pessoais e profissionais

Um erro bastante comum entre os autônomos é tirar dinheiro da conta pessoal para cobrir gastos profissionais e vice-versa. Estabeleça os gastos imprescindíveis para a sua atividade sem comprometer o pagamento de contas básicas como aluguel, água e luz, entre outras. Para tanto, crie planilhas para registrar todas as despesas e receitas. Na hora de efetuar análises contábeis e recolher impostos, esses registros também ajudarão muito.

3. Seja cauteloso com as finanças

Quando você comercializa cosméticos por conta própria, o potencial de ganho é superior ao de um empregado. Afinal, ser dono de um negócio apresenta várias vantagens financeiras. Porém, é fundamental ser responsável e prudente nos investimentos, pois se trata do seu balanço econômico pessoal. É comum profissionais que estão iniciando nessa área se deslumbrarem com o rendimento gerado nas primeiras vendas. Mas apesar dos lucros serem altos, não existe negócio que resista a gastos descontrolados.

Portanto, vá com cuidado e dê um passo de cada vez. Lembre-se que você terá tempo de realizar todos seus sonhos. Não precisa ser tudo de uma vez só. Administre sua renda pensando no futuro

4. Planeje bem suas férias

Um dos pontos negativos de ser distribuidor de cosméticos autônomo é não contar com garantias como 13º e férias remuneradas. Por consequência, é necessário um planejamento prévio sobre o período certo para viajar. Quem trabalha como distribuidor de cosméticos precisa adequar os períodos de descanso às necessidades dos salões.
Nos períodos de férias e de datas festivas o movimento nos salões aumenta muito. Nos fins de ano, por exemplo, acontecem muitos eventos como festas de formatura, confraternizações empresariais e familiares. Curiosamente, esses são os melhores momentos para o distribuidor de cosméticos tirar férias. Isso porque os salões costumam abastecer o estoque de produtos com antecedência nessas épocas. Então, pense nas férias mas não perca esse momento que é um excelente período para as vendas.

As férias de janeiro também é um bom período para descansar. Quem costuma frequentar salão, geralmente já cuidou do visual antes das festas de fim de ano. Além do mais, muitas famílias viajam aproveitando as férias escolares, portanto os salões ficam mais vazios, diminuindo a demanda por produtos.
Mas se você tiver oportunidade, pode se programar para sair na baixa temporada, que é um período mais econômico. O importante é você analisar qual estratégia é mais adequada à sua realidade.

5. Recolha as contribuições para a previdência

Não deixe de garantir um complemento financeiro a longo prazo. Sendo assim, mesmo que a aposentadoria pareça distante, informe-se sobre o modelo de previdência ideal para você. Por fim, reforçamos a importância da organização para um maior equilíbrio econômico dos autônomos. Em tempos de lucro elevado, tente separar uma porcentagem para a sua reserva financeira. Indicamos especialmente as chamadas aplicações de renda fixa, como CDB e Tesouro Direto.

Se você seguir essas nossas dicas, não terá dificuldades em gerenciar a sua renda como distribuidor de cosméticos autônomo!

Transforme suas vendas num negócio de sucesso

Já foi o tempo em que, para conseguir sucesso dentro da área de vendas de cosméticos, bastava uma boa lábia e um portfólio de produtos variado. Com a concorrência crescendo cada dia mais e com a mudança na forma de consumo, tornou-se necessário mudar a forma de vender também. A inovação na forma de administrar as vendas tem se tornado cada vez mais necessária.

Isso não significa que seja preciso se formar em algum curso superior. É claro que isso ajuda, mas quando falamos sobre administração para vendedores de cosméticos, estamos nos referindo principalmente à uma percepção diferente a respeito de sua própria atividade.

Ou seja, o profissional não pode ver a si mesmo como um simples vendedor, mas sim como um empreendedor, dono de seu próprio tempo e responsável pelo seu sucesso. Quer saber o que é preciso para chegar lá? Acompanhe a seguir:

 

1. Organização e planejamento

 

Não é por que você é um autônomo que deve descuidar da administração do seu tempo e produtividade. Muito pelo contrário, você deve organizar e planejar seu cotidiano para conseguir produzir mais, preparando as visitas que fará em cada dia, com horário marcado, prazo e metas a serem batidas.

 

2. Foco em atendimento diferenciado

 

É preciso atender os clientes com respeito e total atenção. Cumpra com os horários prometidos, leve sempre um material de qualidade para oferecer e tenha em mãos novidades e informações para que eles se sintam confiantes em ouvir o que você tem a dizer.

 

3. Aprenda a organizar suas finanças

 

Mantenha um olhar sempre atento às suas vendas, margens de lucro, contatos com fornecedores e variações do mercado. Assim, você saberá o quanto tem a ganhar e poderá planejar melhor suas atividades.

Coloque metas para si mesmo, faça projeções de vendas e aprenda a calcular tudo corretamente para não sair perdendo, mesmo que seja preciso vender a prazo e oferecer descontos maiores em alguns momentos.

 

4. Esteja sempre atento ao mercado

Você deve focar nos produtos que vende. Porém, é importante ficar atento aos produtos que a concorrência oferece, as novas demandas do mercado, os argumentos usados pelos seus concorrentes, diferenciais apresentados, entre outros. Assim, você se tornará um especialista na área de cosméticos e poderá ser não apenas um vendedor para os seus clientes, mas sim, um consultor confiável.

 

5. Invista em sua formação

Por que não buscar uma formação diferenciada para melhorar ainda mais a administração do seu negócio? Procure aprender mais sobre técnicas de venda inovadoras, como conquistar novos clientes e melhorar a forma de gestão de sua atividade.

 

6. Invista em marketing

O marketing é a união de diversas estratégias e ações que têm como objetivo conhecer melhor o mercado, o público-alvo e também ser visto por eles da forma correta. Por isso, dedique tempo para pesquisar seus clientes. Saiba do que eles realmente precisam e quais as soluções que você possui que podem se adequar a estas necessidades.

Invista também em divulgação. Crie promoções, brindes e premiações. Ter um espaço na online para divulgar seu negócio é uma ótima pedido. Pode ser um web site, blog ou página nas redes sociais. Use essas ferramentas para mostrar as novidades que está trazendo. Isso facilitará a comunicação entre você e seus clientes.

Com estas dicas, você vai se tornar um profissional muito mais competente e focado no crescimento de sua carreira. Pense nisso!

Botox pro cabelo: porque você tem que usar no seu salão de beleza

Quando vamos ao salão de beleza, esperamos muito mais do que simpatia e um bom atendimento. Queremos, principalmente, qualidade nos produtos, tratamentos capilares eficazes e as novidades do mercado. Esse pacote de atendimento exemplar e qualidade nos serviços e produtos é o que atrai e fideliza os clientes no salão de beleza.
Falando em novidade e inovação, se o seu salão ainda não trabalha com botox pro cabelo pare tudo o que está fazendo e leia esse post. Aqui lhe contaremos 4 principais benefícios desse tratamento. Também vamos tirar as dúvidas mais frequentes dos donos de salão. Ou seja, tudo que você precisa saber sobre esse procedimento está nesse post.
Além de entender como é o processo de botox no cabelo, você conhecerá um ótimo produto. Então saiba o que falta para você começar a oferecer esse serviço no seu salão de beleza. Confira!

1. O que o botox pro cabelo oferece?
Primeiro, vamos ao objetivo principal do botox de cabelo: reduzir volume e nutrir e recuperar os fios. Além disso, combate o tão odiado frizz e traz brilho e maciez de volta aos fios. Quem escolhe fazer o botox pro cabelo quer se livrar do frizz, do volume indesejado, das pontas duplas e do cabelo ressecado e sem brilho. O botox capilar tem o poder de trazer mais vida aos cabelos tingidos também.

2. Quanto tempo dura o botox pro cabelo?
Depois que você realizar o tratamento ele pode durar até 3 meses, dependendo da sua rotina de lavagem do cabelo. E o melhor: diferente da progressiva você não precisa secar e escovar o cabelo toda a vez que lava. Isso porque como a progressiva é usada para alisar, deixa o cabelo com efeito esticado. E para que o liso pareça natural, às vezes é necessário o uso da prancha. Já o botox é usado só para controlar o volume, ou seja, não desmancha, mas suaviza as ondulações do cabelo deixando-o com aspecto natural.

3. Para quem é indicado o botox capilar?
O procedimento pode ser aplicado em qualquer tipo de cabelo, porém você verá mais resultados quando aplicado em fios já danificados, porosos, que já foram submetidos a algum processo químico como alisamentos, relaxamento e mechas. Lembrando que o botox não alisa o cabelo, mas sim controla o frizz e traz brilho e maciez. Muitos profissionais indicam o botox entre uma progressiva e outra, como forma de hidratação e maior duração da progressiva.

4. Quanto custa o botox pro cabelo?
A resposta para essa pergunta pode variar, pois depende do estabelecimento, mas a média de preço é em torno de R$150, um custo benefício que vale a pena pelos resultados que o procedimento traz.

Quer oferecer o botox pro cabelo no seu salão de beleza? Conheça a linha profissional da Physis. O Botox Capilar Physis foi desenvolvido por profissionais preocupados com inovação e tecnologia. Essa pesquisa resultou num produto com elementos de baixo peso molecular por isso penetra com facilidade por todo o fio, desde a fibra capilar. O botox da Physis garante total reconstrução do fio, além da eliminação do frizz do cabelo.
Nós temos certeza que seus clientes irão experimentar e se apaixonar pelo botox pro cabelo, pois os resultados são sentidos imediatamente após o procedimento!